Missionárias Servas dos Pobres -

Publicado em 05/06/2019
Punacancha

No sábado, 9 de março, teve lugar uma jornada quaresmal em que aprofundámos o sentido e a importância da quaresma, no seu sentido atual, tal como nos exorta o nosso santo padre Francisco, que nos convida a tomar consciência e a viver a nossa dignidade de filhos de Deus na sua mensagem quaresmal, intitulada “A criação, expectante, está aguardando a manifestação dos filhos de Deus”, em que nos faz uma chamada à conversão mediante o jejum, a oração e a esmola, como pessoas redimidas que se deixam conduzir pelo Espírito Santo (cf. Rm 8,14), e sabem reconhecer e pôr em prática a lei de Deus, cooperando na sua redenção.  A jornada teve início com a Adoração eucarística de uma hora, acompanhada com a recitação do santo rosário e de cantos penitenciais em quéchua…
Depois da reserva do Santíssimo, seguida de uma explicação da quaresma e reflexão, houve improvisações teatrais de passagens bíblicas referentes à quaresma, em que os participantes demonstraram bastante interesse e entusiasmo, terminando com uma partilha por volta das 10 da noite. Devido aos trabalhos diários dos habitantes da aldeia é muito difícil realizar atividades durante o dia, razão pela qual achamos melhor fazê-las à noite.  No primeiro domingo da quaresma, como habitualmente, tivemos a santa missa à 1 da tarde. Para nós, foi um dia de muita alegria porque a maioria dos participantes no sacramento da reconciliação estiveram presentes para receber o santíssimo e sacratíssimo corpo de Cristo.